Babywearing

Babywearing: 4 curiosidades sobre carregar o seu bebê bem pertinho

Carregar o bebê pertinho tem inúmeras vantagens. Além de proporcionar conforto e aconchego para o pequeno, reforça o vínculo com a pessoa que o carrega. Com o auxílio de um carregador específico, que também pode ser chamado de sling ou porta-bebê, o cuidador ainda fica com os braços livres para ter mais praticidade em uma série de atividades da rotina.

Por tantas vantagens, montamos uma lista com 4 curiosidades sobre o babywearing. Confira:

carregador1 – Usar um carregador de bebê na posição correta é mais confortável do que carregar um bebê nos braços

Ao carregar um bebê com a pélvis basculada e joelhos acima do nível do quadril (com as pernas em forma de “M”) e de frente para o adulto, na chamada posição fisiológica, o peso é bem distribuído no corpo de quem carrega e os benefícios são sentidos pelo pequeno também, que não fica com nenhum ponto da coluna ou do quadril sobrecarregado. Justamente por isso a posição fisiológica é considerada ergonômica.

Além dos fatores pontuados, a postura fisiológica colabora para prevenir e até mesmo tratar possíveis problemas relacionados à articulação da bacia. Por tal motivo, é importante prestar atenção ao correto posicionamento do bebê no carregador, garantindo que seu peso fique apoiado no bumbum, como um assento, e não nas pernas ou região genital.

2 – O contato pele a pele possui benefícios únicos

Estudos apontam que quando o bebê é colocado no contato pele a pele com a mãe, logo após o nascimento, todo o seu sistema é beneficiado: ocorre a estabilização dos batimentos cardíacos, da respiração e da temperatura. O contato pele a pele ajuda ainda no fortalecimento do vínculo da mãe com o bebê, favorece a amamentação e aumenta a auto­estima da mãe em relação à sua maternagem. Em casos de febre, o pele a pele também é indicado, pois ajuda a regular a temperatura do bebê de forma natural.

mother-1078807_19203 – Bebês que são carregados choram menos

Geralmente os bebês que são carregados choram menos, pois o contato próximo à mãe promove o aconchego e a sensação de segurança. Ouvir os batimentos cardíacos da mãe, sua voz, respiração e o calor do seu corpo, ajuda a remeter à lembrança da vida intra­uterina, o que resulta em conforto e tranquilidade. Além disso, quando o bebê está próximo à mãe, ela pode prontamente atender às suas necessidades e estará mais conectada e mais atenta ao que o seu bebê precisa.

4 – Babywearing é uma boa recomendação para bebês com cólicas

É comprovado que bebês carregados choram menos e sentem menos desconfortos físicos e emocionais. Além disso, quando em posição fisiológica, ou seja, voltado ao corpo da mãe, o corpo e toda a parte gastro­intestinal do bebê fica aquecida naturalmente pelo calor da mãe, favorecendo a diminuição de possíveis dores na região. Outro motivo para carregar um bebê com cólica é que a posição ergonômica, de “sapinho”, favorece a eliminação de gases, que são comuns em bebês pequenos.

Confira os carregadores disponíveis na BB + Lindo e aproveite todas as vantagens do babywearing.

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Londres com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.