Educação

Conheça 5 fundamentos da pedagogia Waldorf

A pedagogia Waldorf tem conquistado muitos pais que buscam uma educação conectada com os filhos, sua individualidade e liberdade na busca pelo conhecimento.

Sua história começa em 1919, em Stuttgart, na Alemanha, com os princípios de Rudolf Steiner, fundador também da Antroposofia. No início foi uma escola para os filhos dos operários de uma fábrica de cigarros, a Waldorf-Astória, que originou o seu nome.

Atualmente, existem milhares de escolas que seguem a pedagogia Waldorf pelo mundo todo. Mas quais os diferenciais da Waldorf? O que o método de ensino tem como fundamento? Conheça 5 princípios básicos:

1 – Liberdade individual

Segundo a Antroposofia, um dos diferenciais do homem perante os outros seres da natureza é a sua capacidade de fazer escolhas conscientes. De tal forma, um dos princípios da pedagogia Waldorf é formar indivíduos prontos para responder pelas próprias decisões.

reading-1156865_19202 – Ensino livre

Acredita-se que as emoções e sensações individuais acompanham a experiência de aprendizagem e dão sustentação para o que é intelectualmente captado por um ser humano. Assim, a pedagogia Waldorf busca sustentação na expressão artística para o ensino em todas as áreas do conhecimento. O caminho da educação é percorrido através de um ensino livre, que passa por pensar, sentir e agir.

3 – O tempo do crescer

Conforme a pedagogia Waldorf, cada indivíduo possui o seu próprio tempo de crescer. Assim, em uma escola Waldorf, o conteúdo leva em consideração a fase de desenvolvimento do aluno, para que ele possa reconhecer em si as experiências que está pronto para viver. O estímulo para o avanço no conhecimento é feito a partir da curiosidade, despertada pela linguagem, escrita, números e ciências.

4 – A defesa do brincar

A pedagogia Waldorf não exige um pensar intelectual muito cedo, com alfabetização, por exemplo. A pedagogia defende o brincar e a descoberta do mundo através de alternativas lúdicas.

5 – Avaliação

O sistema Waldorf não trabalha com avaliações formais, constituídas por notas. A análise de cada aluno é contínua e diversificada, considerando a criança ou jovem em diversos aspectos. O objetivo é ser um retrato da situação de aprendizagem e, também, ponto de partida para o desenvolvimento posterior.

Fonte:
Escola Waldorf Rudolf Steiner
Federação das Escolas Waldorf no Brasil
Sociedade Antroposofica

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Liverpool/Inglaterra com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.