Desenvolvimento infantil

Ansiedade de separação: onde está o meu bebê?

A ansiedade de separação é uma fase que muitos bebês passam por volta dos 9 meses. Eles geralmente ficam sensíveis e exigem mais colo e atenção. Além disso, podem acordar mais vezes do que o habitual e também apresentar mudanças no apetite.

bebeO relato é familiar? Se isso está acontecendo na sua casa… calma! Não levaram o seu bebê embora e deixaram outro no lugar, embora possa parecer.

É normal a mãe ficar extremamente esgotada, especialmente pelas mudanças no padrão de sono. A demanda física e emocional aumenta de repente, sem motivo aparente, e isso pode refletir na rotina de toda a família.

Mas o que acontece com os pequenos por volta dos 9 meses que resulta na ansiedade de separação? Com tal idade as crianças começam a entender o seu corpo como algo diferente da mãe. Na barriga e logo que saem dela, é como se mãe e bebê fossem um só.

Tal percepção é um grande marco cognitivo e pode trazer angústia para o bebê, pois a mãe representa a sua segurança. Por isso, é normal a criança chorar quando a mãe se afasta, mesmo que por poucos segundos. Ela apenas não entende que a mãe irá voltar em seguida.

Para ajudar o seu pequeno a passar pela crise dos 9 meses, a melhor dica é dar todo conforto e segurança para ele. A cama compartilhada pode ajudar, especialmente em casos com alterações bruscas nos hábitos noturnos.

Em alguns casos, o período ainda coincide com o nascimento de alguns dentinhos, o que pode tornar o período mais difícil ainda. Sendo assim, o âmbar pode ser uma alternativa para minimizar os sintomas da dentição. Saiba mais sobre os benefícios do âmbar aqui.

É importante a mãe entender que por mais cansativa que seja, a fase da ansiedade de separação tende a passar em algumas semanas. Logo seu bebê estará mais tranquilo e pronto para novas descobertas.

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Londres com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.