Parto

As posições de parto e as vantagens de cada uma delas

Quando pensamos em parto normal a lembrança mais tradicional que vem à mente é da mulher deitada e com os pés apoiados para fazer força, na posição conhecida como obstétrica.

No entanto, existem outras posições indicadas para a hora do nascimento do bebê, que podem fazer com que a mulher se sinta mais confortável, tanto durante as contrações quanto no momento da passagem do bebê. Confira algumas delas:

parto1De cócoras: a mãe fica agachada, com os pés no chão. Ela pode de apoiar em uma cadeira, na cama ou, ainda, contar com alguém para segurá-la e dar suporte pelas costas. Outra opção é a banqueta de parto, uma espécie de cadeira baixinha que ajuda a grávida a encontrar uma posição confortável. O parto de cócoras tende a ser mais rápido e a gravidade favorece a saída do bebê.

parto2De lado: a mulher fica deitada na cama sobre o seu lado esquerdo. A perna esquerda fica estendida e a direita dobrada. No momento do nascimento do bebê, a mãe recebe ajuda para facilitar a abertura da perna. A posição evita pressão do útero na veia cava. Com isso, geralmente não ocorre a diminuição do recebimento de oxigênio pelo bebê. Outra vantagem é que a saída do recém-nascido ocorre de forma mais controlada, ajudando a evitar ruptura do períneo.

parto3Quatro ou seis apoios: a mulher fica deitada com a barriga para baixo, apoiada nos joelhos, mãos e cotovelos. A posição é indicada quando a grávida sente dores nas costas, pois oferece alívio.

Importante lembrar que cada mulher deve ter liberdade de movimento durante o trabalho de parto para encontrar a posição mais confortável para si.

Fotos do post: Ana Paula Batista Fotografia. Acompanhe o trabalho da profissional também pelo Facebook.

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Londres com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.