Colar de âmbar Inspirações

Colar de âmbar para bebês: o que é e seus benefícios2 minutos de leitura

25/11/2014 2 min read

author:

Colar de âmbar para bebês: o que é e seus benefícios2 minutos de leitura

Reading Time: 2 minutes
Colares de âmbar do báltico ajudam a amenizar os sintomas da dentição do bebê
Colar de âmbar barroco cherry

âmbar do báltico é considerado um remédio natural e vem sendo utilizado no mundo todo para aliviar os sintomas associados a dentição do bebê, como febre, inchaço nas gengivas, dificuldades no sono e inquietude.

Eles são há tempos adotados pelas mães na Europa e Estados Unidos, e recentemente começaram a se tornar populares no Brasil (principalmente depois da publicação da foto de Gisele Bundchen com sua filha utilizando o colar).

O âmbar é uma resina vegetal fóssil encontrada nas regiões banhadas pelo Mar Báltico, como Lituânia, Letônia e Estônia. Acredita-se que o material foi utilizado desde a Idade da Pedra.

Quando o âmbar báltico entra em contato com a pele, libera pequenas quantidades de ácido succínico, que é então absorvido pela corrente sanguínea. O acido succínico é um composto químico que possui propriedades analgésicas, anti-inflamatórias, cicatrizantes e imuno-estimulantes.

Seu uso é recomendado para crianças entre 3 meses a 3 anos.

Filha de Gisele Bundchen usando colar de âmbar
Filha de Gisele Bundchen usando colar de âmbar

Bárbara Borges e o filho, Martin Bem, usando colar de âmbar.
Bárbara Borges e o filho, Martin Bem, usando colar de âmbar.

Testes para saber se o colar é verdadeiro

Devido a alta procura pelo acessório, já entraram no mercado brasileiro as réplicas de plástico ou copal, que são produzidas na China. Por isso, desconfie se o preço for muito abaixo do mercado. Além disso, solicite certificado de originalidade.

colar de ambar para bebê

 

Segurança

  • A criança deve estar sempre sob supervisão de um adulto durante o uso do colar. Recomenda-se que a criança não durma com o colar. Para manter a ação do âmbar durante a noite, o colar pode ser colocado no tornozelo ou pulso do bebê.
  • O colar deve ter entre 30 e 33 cm de comprimento para que dificilmente se prenda à alguma coisa ou seja levado à boca.
  • Entre cada conta deve haver um nó, para que se o cordão romper, apenas uma conta caia.
  • O fecho deve ser de segurança, coberto de âmbar.