Alimentação saudável, Nutrição infantil

Introdução alimentar usando o método BLW

Se você é do time que tem dúvidas em relação à introdução alimentar do bebê, vale a pena conhecer um dos métodos que existem para facilitar esse processo, o Baby Lead Weaning, ou, simplesmente, BLW.

O que é e como funciona o método BLW?

O nome parece um palavrão, mas não se surpreenda se você descobrir que já coloca a ideia em prática de forma instintiva. BLW é a sigla para uma expressão em inglês que significa algo como “desmame guiado pelo bebê” e, de acordo com ele, os pais não precisam oferecer sucos ou papinhas especialmente preparadas para as crianças, mas sim, fazer com que elas participem das refeições junto com a família.

O termo foi cunhado pela consultora em saúde Gill Rapley, de origem britânica, após ela perceber que o seu próprio filho tinha dificuldades em aceitar as papinhas.

Assim como qualquer processo de introdução alimentar, o BLW não deve ser aplicado antes de o bebê completar seis meses, pois além de serem desnecessários outros alimentos além do leite materno, o organismo dele não está pronto para uma nutrição mais completa.

Quando a criança tiver idade, se você optar por esse método, ela deve ser colocada à mesa junto com a família durante as refeições (de preferência, sentada sozinha naquelas cadeiras próprias) para ir observando e descobrindo os diferentes alimentos.

Segundo esse método, os pais não vão induzir o filho a comer um determinado alimento, mas sim permitir que ele mesmo descubra o interesse e experimente.

Como aplicar o BLW?

baby-84686_1920No primeiro mês, você pode colocar pedaços de frutas diante da criança, sem a necessidade de pratos e talheres, já prontas para serem consumidas. Ela vai olhar, pegar na mão, sentir o cheiro e colocar na boca para experimentar. Apenas evite as que são muito ácidas ou com maior potencial alergênico, como o morango, por exemplo.

Depois, a partir dos sete meses, a criança pode começar a participar do almoço e, posteriormente, de todas as refeições junto com a família. O ideal é que os alimentos sejam preparados do mesmo modo para o bebê e para as outras pessoas que vão comer, por isso, preste atenção na quantidade e qualidade dos temperos. Os pais podem picar a comida para facilitar e ajudar a criança a usar colher se necessário, mas a base do BLW está em permitir que ela seja protagonista das suas refeições.

Evite acrescentar sal ou açúcar nos alimentos, deixando-os o mais natural possível. Além de ser mais saudável, isso ajuda o bebê a desenvolver o paladar, reconhecendo de verdade o sabor de cada alimento, sem interferências.

Se os pais optarem por esse método, devem ter a consciência de que a sujeira e a bagunça na mesa serão normais no início. Muito cuidado para não inibir o protagonismo da criança apenas para manter a organização. É natural que ela derrube e se suje, o que vai diminuir aos poucos.

Outro ponto importante é que esse método evita o excesso de processamento, que desperdiça alguns nutrientes dos alimentos.

Quer saber mais sobre introdução alimentar? Então confira outras dicas úteis no nosso blog.

Thayani Costa

Mãe da Liz e empreendedora da BB + Lindo do Mundo: uma loja virtual criada de mãe para mãe, que oferece acessórios criativos e funcionais para famílias com bebês.