Dicas de mãe

Mala de maternidade: lista para conferir se não falta nada!

Vai chegando o fim da gravidez e algo que deve ser pensado é a mala de maternidade. Arrumar tanto as coisas da mãe quanto do bebê que serão levadas para o hospital na hora do nascimento é um momento muito importante.

Primeiro porque envolve toda a expectativa das últimas semanas de gestação. Em breve você terá o seu pequeno nos braços e a mala representa que o dia está chegando! Segundo porque muitas dúvidas podem surgir, como: estou levando muita coisa? Não vai faltar nada?

Os questionamentos são normais. Em uma rápida busca pela internet você com certeza vai achar mil e uma sugestões quando o assunto é a mala de maternidade. Mas como adaptar os modelos para as suas necessidades? O fundamental aqui é ter em mente que as listas são uma base e que cada mãe deve analisar as opções até chegar na sua própria lista.

A mala de maternidade ideal deve ser:

– Prática: ter tudo separadinho e fácil de achar é essencial. Isso porque assim fica mais fácil na hora de alguma enfermeira ou familiar buscar algo que precisa para você ou para o bebê.

– Compacta: arrumar a mala de maternidade é uma alegria! Mas e desfazer? Melhor equilibrar a quantidade de coisas para carregar, chegando em um alternativa compacta. Assim você leva o que realmente vai usar e tem menos trabalho depois para guardar tudo em casa de novo.

– À prova de esquecimentos: você não quer esquecer dos itens básicos, né? Afinal, quando o bebê nasce pode ser aquela correria. Hospital, família, primeiros cuidados. Toda atenção para o recém-nascido e a mãe. Desnecessário alguém ter que passar em casa só para buscar algo importante que faltou, não é mesmo?

Dicas básicas para a mala de maternidade

A melhor dica é arrumar a mala com algumas semanas de antecedência, levando em consideração a data prevista para o nascimento. Assim você fica tranquila, até se tiver alguma surpresa antes da hora.

Outra sugestão é arrumar logo o que já pode ser guardado na mala de maternidade e deixar uma lista com os itens que devem ser adicionados no último minuto, em um lugar fácil de ver. Por exemplo: escova de dente, de cabelo e outras coisas que você pode precisar no dia a dia. De tal forma, quando for para o hospital você ou o marido adiciona o que falta rapidinho.

Uma coisa importante a ser observada antes de arrumar a mala de maternidade é que a alta após o parto normal e a cesárea pode variar, inclusive conforme hospital. Se possível, informe-se com a instituição de saúde ou com o seu obstetra sobre em quantos dias costuma acontecer a liberação após o nascimento. Com base nisso você pode calcular a quantidade de roupa necessária, sempre tendo uma margem para qualquer eventualidade.

Mala de maternidade do bebê

A mala de maternidade do bebê pode ser finalizada antes da bolsa da mãe, uma vez que nada estará em uso.

Imagem do Pinterest. Confira outras sugestões de saquinhos aqui.

Para deixar tudo organizado é útil separar os conjuntos de roupa completos em saquinhos, com a combinação que você deseja. Inclusive você pode identificar cada um com a ordem de preferência, como “1ª roupa”. Assim, quem for vestir o bebê encontra os itens com facilidade.

Na hora de arrumar a mala de maternidade não esqueça de fazer as escolhas com base na estação do ano e temperatura média onde você vive em tal época. No verão os tecidos podem ser mais leves, bem como a manta. Já no inverno é importante ter opções mais quentes.

Checklist para a mala de maternidade do bebê

Observe que as quantidades são apenas sugestões para você avaliar com a sua necessidade. Lembre-se de lavar todas as roupas antes do uso, com sabão de coco neutro ou produto adequado para roupas infantis.

– Fralda
– Lenço umedecido
– 6 macacões
– 6 bodies
– 6 calças para usar por baixo da roupinha (tipo pijaminha)
– 2 mantas para manter o bebê aquecido
– 2 casaquinhos com botões (para vestir em cima do macacão se necessário)
– Fraldas de tecido ou paninhos de boca
– 6 pares de meia
– Luva (se achar necessário)

Checklist para a mala de maternidade da mãe

– 3 pijamas com abertura fácil para a amamentação ou roupas confortáveis (lembre-se que elas podem sujar, especialmente com o sangramento pós-parto, então é bom ter algo extra)
– 1 troca de roupa completa para a saída do hospital
– 5 calcinhas confortáveis
– 3 sutiãs de amamentação
– Chinelo para andar no quarto (algo confortável pensando que os pés podem estar inchados)
– Meias
Absorvente para o seio
– Absorventes de pós-parto (também existem calcinhas descartáveis e absorventes para o pós-parto, que podem ser uma opção interessante)
– Podutos de higiene pessoal (escova e pasta de dente, escova de cabelo, shampoo, condicionador, sabonete e itens de maquiagem, se desejar)

Checklist para a mala de maternidade do pai

– Pijama (se for dormir na maternidade)
– Itens de higiene pessoal, como escova e pasta de dente, além de escova de cabelo
– Uma troca completa de roupa

Outros itens importantes

– Documentos pessoais da mãe e do pai
– Dinheiro ou cartão de crédito
– Carteira do plano de saúde ou cartão do SUS
– Informações do pré-natal (geralmente a gestante possui alguma pasta ou arquivo com detalhes importantes)
– Máquina fotográfica e/ou filmadora (confira bateria e cartão de memória)
– Celular e carregador de celular
– Lembrancinha de maternidade
– Enfeite para a porta da maternidade (assim como a lembrança de maternidade, não é essencial, mas se você optar por ter não pode faltar na mala)

Esperamos que as listas ajudem nos preparativos para a chegada do seu bebê! Que seja um momento lindo e super especial (:

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Liverpool/Inglaterra com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.