Babywearing

Sling para o recém-nascido: qual a melhor opção?

Na hora de escolher um sling para o recém-nascido é importante observar alguns pontos essenciais. Isso porque o bebê ainda não tem firmeza, especialmente no pescoço, e precisa de um modelo que leve em consideração as características físicas da idade.

Os benefícios do sling para o recém-nascido

O sling promove contato corpo a corpo entre cuidador e bebê. Isso é extremamente importante nos primeiros meses de vida, período também conhecido como exterogestação (a gestação fora do corpo).

A criança ainda é muito imatura no quesito físico e emocional e estar em contato com os pais, seja no colo ou no carregador, representa conforto e aconchego.

Além disso, o sling para o recém-nascido é uma oportunidade a mais na formação de vínculo. Ele favorece o reconhecimento entre os pais e o bebê, contribuindo na adaptação da criança com a vida fora do útero.

Outros benefícios do babywearing:

– Deixa o cuidador com mãos livres para desempenhar outras tarefas;
– Alivia o peso nas costas e nos braços de carregar a criança no colo;
– É prático e funcional em passeios e saídas com o bebê, sem a necessidade de levar um carrinho sempre junto.

* Confira também:
Como carregar seu bebê no sling com segurança

Como escolher um modelo para o recém-nascido

Agora que você já sabe os benefícios do babywearing nos primeiros meses de vida, confira alguns modelos que se adaptam bem para um RN.

– Wrap sling

Opção envolvente e aconchegante para um RN. Para os pais distribui bem o peso da criança entre os dois ombros.

O wrap é um longo pedaço de pano que permite diferentes amarrações. Por um lado é extremamente versátil, justamente pelas variações de posições que permitem que os pais busquem a que melhor se adaptam. No entanto, por outro ponto de vista, pode parecer um pouco mais complexo na hora de colocar, pelo menos nas primeiras vezes.

O peso limite para o uso varia conforme o tecido e fabricante. Então é sempre bom conferir antes de comprar.

– Sling de argolas

Modelo interessante para o recém-nascido, pois permite que a criança seja levada deitada ou em uma posição mais sentadinha.

O modelo é ajustável, mas pelo seu formato pode sobrecarregar o ombro do cuidador (por concentrar o peso em um ombro só). Por tal característica não é recomendado para maiores intervalos de tempo.

Opções a partir de 3 meses

Se você está em dúvida em relação ao investimento em um sling para o recém-nascido saiba que existem outras opções versáteis a partir de 3 meses.

– Mei Tai/ Mei Tai evolutivo

O Mei Tai possui duas tiras, uma para cada ombro, permitindo assim uma melhor distribuição do peso da criança. No entanto, como seu ajuste não é tão específico, como no caso do wrap, ele exige uma certa firmeza da criança, que geralmente é notável quando ela começa a sentar (por volta dos 6 meses). Sendo assim, não é a melhor opção para um RN.

Uma alternativa para os pais que desejam investir em um Mei Tai é procurar uma versão evolutiva, que possibilita ajuste para pequenos a partir de 3 meses.

– Canguru ergonômico evolutivo

Já que citamos o Mei Tai evolutivo, indicado a partir dos 3 meses do bebê, vamos destacar também o canguru ergonômico evolutivo. Isso porque ele é um investimento com excelente custo x benefício, pensando em quanto tempo a criança o usará.

O canguru ergonômico evolutivo pode ser usado, sem nenhum acessório extra, bebês a partir de 3 meses ou 5,5 kg. Ele acompanha o crescimento da criança, servindo até 18 kg.

Observações importantes

Ao comprar ou começar a usar o sling para o recém-nascido lembre-se dos seguintes pontos:

– Confira as orientações do fabricante, especialmente em relação ao peso da criança carregada e faixa etária para uso.

– O sling pode exigir uma adaptação de quem o usa e também por parte do bebê. Talvez não será nem na primeira nem na segunda vez que você encontrará a posição mais confortável. No entanto, não desista e experimente ajustar melhor em uma próxima tentativa, para achar o que funciona melhor para a sua família.

– Na internet é possível ver uma série de dicas práticas para o uso de sling para o recém-nascido. Em relação ao wrap, por exemplo, no YouTube você encontra vários vídeos com passo a passo para diferentes amarrações. Isso é muito útil, principalmente para quem está experimentando o babywearing pela primeira vez.

Ficou com alguma dúvida? Escreva para gente que podemos ajudar na escolha do melhor modelo para sua família: sac@bbmaislindo.com.br

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Liverpool/Inglaterra com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.