Babywearing

Tipos de slings: como escolher o modelo ideal para você

Os carregadores de bebê representam praticidade, conforto e segurança para mães, pais e crianças. Eles são indicados não somente para pequenos prematuros e recém-nascidos, mas também podem ser usados nos primeiros anos de vida.

Veja também:
Como carregar seu bebê no sling com segurança
Babywearing: 4 curiosidades sobre carregar o seu bebê bem pertinho

Existem diferentes tipos de slings, cada um indicado em determinado contexto. Por isso, conheça os principais modelos e saiba como escolher o ideal para você e seu filho.

WRAP

O wrap sling é um tecido longo, que pode ser de diferentes tamanhos, utilizado para carregar o bebê a partir de diferentes amarrações. Ele permite distribuir bem o peso para quem está carregando e também oferece o suporte necessário para a cabeça e coluna de bebês recém nascidos.

Ele pode parecer complicado no início, pelas inúmeras possibilidades de amarrações. No entanto, são justamente as diferentes amarrações que dão versatilidade para o wrap, que pode ser feito de diferentes materiais. Confira algumas das opções:

1) WRAP ELÁSTICO: confeccionado em algodão com elastano, é ideal para ser usado com recém-nascidos e bebês até 8kg.

– Os ajustes são mais fáceis com o wrap elástico, então o modelo é ideal para quem está começando.
– Por ser de algodão, tecido de toque macio e suave, é envolvente e aconchegante na pele sensível do bebê.
– As amarrações podem ser feitas na frente, no quadril e nas costas.
– Os pais que se adaptarem bem ao wrap podem buscar outro tecido após os 8kg da criança. O indicado para bebês mais pesados é um material que dê maior sustentação, para que o carregador continue sendo ergonômico.

2) WRAP DE SARJA CRUZADA: tecido 100% algodão, a sarja cruzada é uma trama de tecido plano especialmente desenvolvida para carregadores de bebês. Ele é resistente e durável, e permite ajustes firmes com o máximo de conforto, tanto para a criança quanto para quem a carrega.

– Possibilita diferentes amarrações, porém, por não ser elástico, exige um pouco mais de treino nos ajustes.
– A estrutura da sarja cruzada é firme na horizontal e na vertical, contudo flexível nas duas diagonais. Assim, é firme e maleável ao mesmo tempo, perfeito para a ergonomia do bebê e de quem carrega.
– A principal vantagem do wrap em sarja cruzada é que este tecido tem estrutura tanto para acolher um RN como para acolher um bebê maior de 2 anos.

wrap-sarja-cruzada-azul3

3) WRAP DRY FIT: o dry fit é um tecido esportivo de secagem rápida. Ele possui a capacidade de reduzir a umidade do corpo e transportá-la para fora do tecido. Os furinhos do dry fit fazem o ar circular e, de tal forma, o bebê fica arejado. Pode ser composto por poliéster ou poliamida, sendo a poliamida um tecido de toque mais suave.

– Ideal para estações quentes.
– Pode ser usado para banho de piscina, mar, cachoeira ou até para o banho no chuveiro.
– Versátil, permite amarrações nas costas, na frente ou de lado.

wrap-sling-dry-fit-vermelho

MEI TAI

mei-tai-beija-florO mei tai é um carregador de bebê de origem asiática. Ele oferece uma distribuição bilateral do peso, o que representa mais conforto para quem carrega a criança, especialmente por períodos maiores de tempo.

O modelo é mais prático de usar do que o wrap, mas não permite um ajuste ponto a ponto que daria suporte à coluna de um bebê recém nascido. Desta maneira, a recomendação geral é que o mei tai seja usado apenas com bebês que já sentam sozinhos (o que acontece geralmente por volta dos 6 meses), a menos que seja um mei tai evolutivo (com ajustes que acompanham o crescimento).

Pode ser usado até a criança pesar 18 kg e é encontrado em diferentes tecidos, como:

1) MEI TAI DUPLA FACE

– Posição de amarração nas costas, na frente ou de lado.
– Confortável para carregar bebês maiores e mais pesados.
– Permite lavagem na máquina.
– Pode ser utilizado do lado estampado ou liso.

Como usar:

meitai-como-usar1
2) MEI TAI SARJA CRUZADA

– Tecido leve, maleável e que pode ser lavado até 30º C.
– Possui alças largas para se adaptar no corpo de quem carrega a criança.
– Pode ser encontrado na versão com capuz, que protege o bebê do vento ou chuva e ainda dá suporte para a cabeça se ele dormir durante o passeio.

e27f60cd4b


SLING DE ARGOLAS

Ideal para recém-nascidos, mas não indicado para períodos maiores de tempo, pois oferece distribuição unilateral do peso da criança (apoio em apenas um dos ombros de quem carrega o bebê). De modo geral, os ajustes são mais fáceis do que do wrap sling.

como-posicionar-o-bebe-no-sling


CANGURU ERGONÔMICO

O peso do bebê é distribuído entre os ombros e o quadril de quem o carrega. Por isso, é o modelo ideal para crianças acima de 6 meses e com até 18 kg. Ele permite que o bebê fique sentado em posição natural e ergonômica, podendo ser usado em três posições: na frente de quem o carrega, sempre virado para o corpo do adulto, no quadril ou nas costas.

– Alças e cintos ajustáveis.
– Fácil regulagem no corpo.
– Pode ter capuz removível, o que é uma facilidade a mais para proteger o bebê.

canguru* Diante das características do canguru ergonômico, uma pergunta pode surgir: mas afinal, qual a diferença entre o canguru convencional e o ergonômico?

Ao contrário dos cangurus “convencionais”, os modelos ergonômicos obedecem a fisiologia do bebê e também de quem o carrega.

Nos cangurus não-ergonômicos, as perninhas do bebê ficam penduradas e o peso fica sobre a região genital, ao invés de ficar sobre o bumbum. As costas sofrem pressão, pois ficam retas e não curvadas.

Nos cangurus ergonômicos, o bebê fica com as perninhas em posição de sapinho, sentado, como se ele realmente estivesse sendo carregado nos braços. Essa posição, deixa o quadril relaxado e favorece o bom desenvolvimento das articulações, além da livre circulação do sangue. As costas do bebê ficam levemente curvadas, sem pressão na coluna, obedecendo a fisiologia natural e o correto desenvolvimento da coluna. Para os pais, o peso cai sobre os quadris, não tendo qualquer pressão na zona lombar.

***

Esperamos que as dicas sobre os diferentes tipos de slings possam ajudar na escolha do modelo certo para você carregar o seu bebê com conforto e praticidade.

A BB + Lindo destaca que, independente da sua escolha, o fundamental é buscar informações sobre a melhor forma de carregar o bebê e a importância dos ajustes para o desenvolvimento da coluna da criança. Assim, é possível garantir que a experiência seja o mais tranquila e saudável possível para pais e bebês.

Ananda Etges

Jornalista e projeto de mãe de dois, o Vítor e a Clara. Mora em Liverpool/Inglaterra com a família e trabalha home office com a loja mais linda do mundo: a BB + Lindo.